domingo, 29 de janeiro de 2012

Nascidos no DIA 16/03 ............ DIA DO TRIUNFO


O 16 é o número dos extremos: da riqueza ou da miséria.

Dependendo  da vida que levar, pode transformar seu possuidor num ser poderoso,  rico, um ser de pleno sucesso e felicidade; no outro extremo, pode  arruinar, levar ao desmando, transformar o ser em um elemento  arrogante, prepotente, orgulhoso e dominador.

Aconselha-se que os possuidores deste número vivam tão  altruísticamente quanto possível, a que tenham pensamentos  positivos, sentimentos elevados e, desta maneira, com absoluta certeza  atingirão o sucesso e serão muito felizes.

É, também, o número do equilíbrio entre o material e o  espiritual. Se teimar em viver fraudulentamente, querendo levar  vantagem em tudo e com todos, poderá ver seus planos frustrados, ser  traído por amigos e ainda contrair doenças inesperadas.

 É analítico, cético (só acredita no que vê ou é comprovado),  gosta de conhecer a essência e o âmago das coisas e pessoas e  também apresenta acentuado caráter perfeccionista. Pelo seu senso de  perspicácia, gosta e consegue desvendar coisas misteriosas e também  de acumular conhecimentos.

É um ser de grande sensibilidade, intuição e inspiração, tendo  mesmo qualidades psíquicas sem qualquer estudo do assunto. Um dos  seus grandes defeitos é gostar que as pessoas que o rodeiam vivam  conforme seus moldes e, quando isso não ocorre, torna-se mal humorado  e até colérico. 

Por esse seu temperamento de presunção, geralmente  vive isolado, porém, na realidade tem grande desejo de afeto e  principalmente compreensão. Apesar de tudo isso, não suporta  interferência em seus planos e projetos, mesmo quando estes não dão  certo e o fazem rever ou adiá-los, fato corriqueiro na sua vida.
 
Em vista da sua grande sensibilidade, que é atrativa em vários  segmentos, deve tomar muito cuidado com falsos amigos,  descontentamentos, com a ansiedade e principalmente com alguns perigos  físicos, como o excesso de velocidade em automóveis. 

Deveria ,  portanto, fugir da agitação das grandes cidades, dando preferência  a viver no campo ou então perto da água (rios, lagos e oceano). Pela  sua característica, deve trabalhar na iniciativa privada, em
 negócios de amplitude universal, de preferência que envolvam a  educação ou a moral.
 
As frustrações ao longo da vida (que não são poucas) podem lhe  causar distúrbios digestivos, doenças de pele e até algumas  imaginárias (hipocondrianismo).

Um comentário:

  1. Sou um cético, mas não duvido de muita coisa.

    "não sei quase nada, mas desconfio de muita coisa"
    (J. Guimarães Rosa)

    Semana maravilhosa para você!

    ResponderExcluir